PROJECTO:  PROJECTO DO SISTEMA DE DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS EM ALTA E DA ETAR DA COVILHÃ CLIENTE:     ÁGUAS DA SERRA LOCAL:       COVILHÃ ANO:          2006 RESUMO:   O projecto da  ETAR da Covilhã serviu  para  construir o sistema  de drenagem e tratamento das águas residuais da Grande Covilhã que serve cerca de 75 000 habitantes. O sistema interceptor em alta tem cerca de 17 000 m e 2 estações elevatórias, uma em Ponte Pedrinha e outra na Covilhã. O sistema  de  ratamento é constituído  por  gradagem  mecânica, desarenadores/desengorduradores, tanques de arejamento por lamas activadas em arejamento prolongado, decantadores secundários circulares e tratamento de lamas por centrífugas após espessamento. A obra, orçada em cerca de 7.000.000,00 €, foi concluída em 2008. PROJECTO:  ETAR DE RABO DE PEIXE CLIENTE:     CÂMARA MUNICIPAL DA RIBEIRA GRANDE LOCAL:        RIBEIRA GRANDE - SÃO MIGUEL ANO:           2007 RESUMO:   Este projecto visou dotar a freguesia de Rabo de Peixe, pertencente ao concelho da Ribeira Grande da ilha de São Miguel, de uma infra- estrutura que garanta o tratamento das águas residuais domésticas, tendo em vista a eliminação das diversas descargas para sistemas de fossa  sépticas e directas para o mar sem tratamento dos efluentes. O processo de tratamento biológico construído foi o de lamas activadas em regime de arejamento prolongado, seguido de tratamento terciário  por filtração e desinfecção por ultra-violetas.  Para um caudal, no horizonte de projecto, de 1.870 m3d-1 a estação inclui para o tratamento da fase líquida: gradagem, tamisagem, sistema de  desarenador/desengordurador, tanque de arejamento, decantador secundário, filtração e desinfecção. Para o tratamento da fase sólida, a ETAR  inclui um sistema de desidratação mecânica precedido de um espessador. Em 2011 a estação entrou em funcionamento e a obra rondou os 1.500.000€. PROJECTO:  AMPLIAÇÃO DA ETAR DE BRAGANÇA CLIENTE:     ATMAD LOCAL:       BRAGANÇA ANO:          2004 RESUMO:   O projecto da ETAR de Bragança consistiu na remodelação e ampliação da ETAR, quer na fase líquida, quer de lamas, para cerca de 60 000 habitantes. Na fase líquida foram introduzidas as operações de desnitrificação para remoção do azoto e o  aumento da capacidade de arejamento. A decantação primária e secundária aumentou em cerca de 1/3, projectando-se mais dois decantadores, um primário e outro secundário. Na fase de lamas, duplicaram-se os espessadores e os digestores anaeróbios. Projectou-se o aquecimento dos digestores a 35ºC e o aproveitamento energético do biogás com produção de energia eléctrica.  PROJECTO:  ETAR DE RIO MAIOR CLIENTE:     ÁGUAS DO OESTE LOCAL:       RIO MAIOR ANO:          2007 RESUMO:   Este projecto visou remodelar e ampliar o sistema dos leitos percoladores de alta carga inicialmente construído, para servir a povoação de Rio Maior e o parque industrial próximo. O sistema é constituído por uma obra de entrada (gradagem e desengordurador/desaranedor) elevação inicial, tanque de arejamento, decantador, desinfecção final dos UV, recuperação de água por meios de filtração mecânica e nova desinfecção por UV. O tratamento de lamas é garantido por silo de lamas, a  desidratação  por  centrifuga e  armazenamento em silo vertical. Este projecto inclui ainda uma unidade de recepção de lamas de fossas sépticas. A obra foi construída em 2007/2008. TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS