UA-88561522-1
PROJECTO:   PROJECTO DE EXECUÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA, DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS                      DOMÉSTICAS E PLUVIAIS DO EMPREENDIMENTO HOTEL APARTAMENTO AS CASCATAS - RESORT & SPA CLIENTE:      MOURASTOCK LOCAL:         VILAMOURA ANO:            2005 RESUMO:   Concepção de um sistema de instalações e redes interiores de abastecimento de água e drenagem de águas residuais, que permitam dotar o empreendimento de sistemas flexíveis e de fácil exploração. O projecto iclui um conjunto de 8 piscinas, 2 cascatas com uma extensão de cerca de 200 m e diversas fontes, distribuídas pelo empreendimento. Todos os tanques foram dotados de circuitos e sistemas de tratamento de água, de acordo com as normas portuguesas e directivas internacionais, respeitando os requisitos impostos pela HILTON. Foram  cumpridos  todos  os requisitos  dos  sistemas de  instalações e redes interiores do  SPA,  zonas  de  tratamentos,  tanques  de  água  para relaxamento e lúdicos, cascatas de água quente e fria.Deste modo responde-se às diversas necessidades requeridas pelos distintos equipamentos e zonas de tratamento, providenciando no final o máximo relaxamento para o cliente
PROJECTO:   PROJECTO DE EXECUÇÃO DAS INFRAESTRUTURAS VIÁRIAS, DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA, DRENAGEM DOMÉSTICA E                      PLUVIAL, INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS E TELEFÓNICAS E RSU DO ALDEAMENTO TURÍSTICO 10+A+B                     DO GOLDEN BEACH CLUB - DUNAS DOURADAS CLIENTE:      DUNAS DOURADAS LOCAL:         ALMANCIL ANO:            2002 RESUMO:   O objectivo deste projecto foi dotar o aldeamento turístico das Dunas Douradas, em  Almancil, e toda a zona  envolvente, com redes de infraestruturas  viárias, de  saneamento  básico, electricidade  e telefones,  assim  como  de  um  sistema  de recolha de resíduos sólidos urbanos, possibilitando a sua ligação às redes e sistemas existentes. A rede de  abastecimento de água permitiu alimentar os edifícios, bocas  de lavagem e marcos de incêndio do empreendimento com cerca de 860 habitantes. O  sistema de  drenagem, do tipo  separativo, baseou-se  em colectores de águas residuais domésticas em PVC, com uma extensão de 1700m,  instalados nos arruamentos,  e que permitem encaminhar os efluentes para a rede existente contígua ao empreendimento. A rede pluvial é constituída por colectores e manilhas de betão, com diâmetros entre os 300mm e os 700 mm, que conduzem as águas pluviais recolhidas pelos sumidouros, e as encaminham para a linha de água mais próxima.
PROJECTO:   PROJECTO DE EXECUÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA, DRENAGEM DE                     ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS E PLUVIAIS DO EMPREENDIMENTO PALÁCIO DA QUINTA CLIENTE:      IMOCOM LOCAL:        QUINTA DO LAGO ANO:           2008 RESUMO:  Concepção  de  um sistema  de  instalações e redes  interiores de abastecimento de água e drenagem de águas residuais, que permitam dotar o empreendimento de instalações de abastecimento de água e de drenagem. Sendo  o primeiro  hotel  de 6 estrelas da cadeia  CONRAD  em  Portugal,  complementado  por  dois  módulos de apartamentos, foram  utilizados materiais nobres nas diversas redes e instalações, permitindo a obtenção do máximo conforto e comodidade para o utente.
PROJECTO:   PROJECTO DE EXECUÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DRENAGEM DE                     ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS E PLUVIAIS DA ESCOLA SECUNDÁRIA SEVERIM DE FARIA CLIENTE:      PARQUE ESCOLAR LOCAL:        ÉVORA ANO:           2009 RESUMO:   Respondendo ao solicitado pela  Parque  Escolar para a reformulação dos sistemas de abastecimento de água e de drenagem da escola, previu-se a concepção de um sistema de instalações e redes interiores e exteriores de abastecimento de água, serviço de incêndio e drenagem de águas residuais, que permitam dotar a escola de novas valências. Sendo a reformulação de uma escola existente, e para permitir uma total flexibilização futura, foram cumpridas as normas técnicas e de materiais fornecidos pelo Dono da Obra, permitindo a obtenção do máximo conforto e comodidade para os utilizadores. Projectou-se o aquecimento dos digestores a 35ºC e o aproveitamento energético do biogás com produção de energia eléctrica.
PROJECTO:   PROJECTO DE EXECUÇÃO DAS REDES E INSTALAÇÕES DO EDIFÍCIO INFANTE, NO PARQUE DAS NAÇÕES, EM LISBOA CLIENTE:      IMOCOM LOCAL:        LISBOA ANO:           1999 RESUMO:   O objectivo  deste projecto  foi  a concepção  de  um sistema  de instalações e redes i nteriores, que permitisse dotar o Edifício Infante, localizado na Av. D. João I no Parque das Nações, em Lisboa de todas as instalações e especialidades necessárias ao seu funcionamento. Sendo um dos primeiros edifícios de escritórios implantados na zona, e considerado em 2002  o melhor empreendimento na sua categoria, foram utilizados materiais nobres nas diversas redes e instalações, permitindo a obtenção do máximo conforto e comodidade para o utente. O edifício é constituído por 16 pisos acima do solo e quatro em cave, contemplando 7 pisos de parqueamento.
INSTALAÇÕES TÉCNICAS EM EDIFÍCIOS
ECOserviços 2014   Estrada do Pau Queimado 622, Montijo   00 351 213 944 130   global@ecoservicos.pt Global Environmental Service
CASCATAS RESORT VER IMAGENS DUNAS DOURADAS BEACH CLUB VER IMAGENS PALÁCIO DA QUINTA VER IMAGENS ESCOLA SEVERIM FARIA VER IMAGENS EDIFÍCIO INFANTE VER IMAGENS